ENTRAR NO SITE
 
  Português   Español   English  
 
 


 
  Orações Poderosas
 Título: Prece a Omulú Data: 9/3/2011
 

Oração ao Orixá Omulú

Senhor da Kalunga! ...

Mestre das Almas ! ...

Meu corpo esta enfermo ... Minha mente esta abalada...

Minha alma esta imersa na amargura de um sofrimento que me destroi lentamente.

Senhor Omulú... Eu vós envoco oh Deus das doenças, o Orixá que surge diante dos meus olhos atendendo ao meu pedido, Sr, Omulú, meu pai... atotô meu pai...

Teu filho esta enfermo... Teu filho se curva diante de tua luz radiosa, na magia do milagre que virá de tuas mãos santificadas... Socorre-me, Pai Omulú ! Da-me a esperança de tua ajuda para que eu me encorajge diante da dor, do martírio imenso que me alucina...

Fazei com que eu não sofra tanto, meu Pai...

Senhor Omulú, tu que és o dono dos cemitérios, tu que és a sentinela do sono eterno daqueles que foram conduzidos ao teu reino, tu que és o guardião das almas que ainda não se libertaram da matéria, ouve minha suplica ! atende ao apelo angustiado do teu filho que se debate no maior dos sofrimentos! Salva-me, ou liberta-me para sempre.

Se não mereço a tua ajuda faz com que as minhas noites de insônia se transformem no sono eterno que liberta o corpo e a alma !

Divino Pai omulú, aqui estou, diante de vós, erguendo a derradeira prece dos vencidos conformando com o destino que o Pai Supremo determinou para que eu purificasse minha alma no maior dos sofrimentos... Olha para minhas doenças e chamo desesperado: Pai Omulú, atotô meu Pai! Perdoa teu filho que tanto pecou! Da-me um pouco de coragem para resistir, para sofrer em silêncio, para não sentir as dores que me atormentam.

Quisera dormir... relaxar os meus nervos para que a minha matéria não reagisse aos reflexos da dor... Sei que muito pequei... Sei que nada fiz para mereçer a graça de um milagre... E leva-o para teu reino!

Se achares, porém que ainda não terminei minha missão neste planeta, ampara-me com a tua força, encoraja-me com o exemplo de tua humildade e de tua resignação; alivia meus sofrimentos para que eu me levante deste leito e volte a caminhar. Eu te suplico, Mestre da Kalunga... Eu me ajoelho diante do poder imenso de que és portador, e envoco a sua Divina proteção. Atotô, Atotô, Atotô

Fazer esta oração por 7 dias consecutivos, colocando ao ar livre um copo com água, colocando dentro uma vela branca acesa.

Quando terminar o ritual de sete dias jogar o copo com a água fora!
 
 

 

tarô do amor - tarô das bruxas - tarô de Marselha - tarô da espiritualidade - tarô do trabalho - tarô do dia
tarô da sorte- tarô do sexo - bola de cristal - dadomancia -baralho cigano - dominomancia -jogo de runas
jogo de buzios - cartomancia - oráculo do amor - numerologia do amor - runas do amor -oráculo dos chakras